IMPRENSA ENASE 2020

MODERNIZAÇÃO DO SETOR ELÉTRICO DEVERÁ GERAR GANHOS DE INOVAÇÃO E PRODUTIVIDADE

 

Para Luiz Augusto Barroso, presidente da PSR, país se vê diante de uma grande oportunidade de seguir liderando economia de baixo carbono

 

A modernização do setor elétrico é uma oportunidade para que o Brasil e as empresas sigam com uma economia de baixo carbono, com grande ganho de inovação e produtividade. Esta foi a principal conclusão da palestra ministrada pelo presidente da PSR Energy Consulting, Luiz Augusto Barroso, que abriu os debates do 3ª dia do ENASE. De acordo com o executivo, os avanços tecnológicos em curso no país deverão promover uma grande mudança no SEB. Sobre os impactos da Covid-19, Barroso avalia que, apesar dos distúrbios gerados ao setor, a pandemia trouxe também oportunidades de mercadoe não alterou os fundamentos técnicos e econômicos do SEB.

Segundo Barroso, embora o foco do plano de modernização esteja voltado para o legislativo, com a PM 998 e o PLS 232, existem ainda muitos temas relevantes nas pautas dos órgãos do Poder Concedente -  EPE, ANEEL, ONS, CCEE -, como a agenda de reforma do mercado de gás, que deverão impactar bastante o resultado final do processo de modernização e expansão do setor. 

 

Presidente da PSR Energy Consulting, Luiz Augusto Barroso

A expansão do mercado livre para a próxima década deve ser de muita oferta. Quem puder migrar, vai migrar. Pela ótica do mercado, a micro e mini geração devem crescer muito. A pressão para a abertura de mercado é legítima e vai ocorrer com velocidade”.


Assessoria de Imprensa: DGBB Comunicação & Estratégia

Bernardo Brandão – (61) 98162-6759 [email protected] 
Lara Cristina – (61) 98103-9446 [email protected]